Atividade Física e Nutrição na Gestação

A gestação é um período de grande demanda energética e metabólica, além de envolver alterações nos aspectos corporais, emocionais e psicológicos.

Atualmente, a literatura informa que a atividade física regular e orientada, acompanhada de uma alimentação equilibrada, é capaz de promover a redução de problemas durante a gestação como hipertensão, obesidade e diabetes. A Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte, em seu posicionamento sobre atividade física e saúde da mulher, também reforçou que atividade física é fundamental para promoção da saúde no período gestacional e pós-parto. Ou seja, os benefícios desses cuidados transcendem a gestação e podem promover melhoras, como redução de sintomas de depressão, e até trazer benefícios ao futuro bebê. Por outro lado, sedentarismo, sobrepeso, obesidade e a alimentação desbalanceada da mãe são considerados fatores de risco para complicações como pré-eclâmpsia, eclâmpsia e até obesidade infantil. Desta forma, quando se prescreve uma dieta para gestantes, em especial as fisicamente ativas, muitos ajustes nutricionais devem ser realizados para que a dieta atenda a todas as demandas da mãe e do bebê, minimizando complicações na gestação e no pós-parto.

Referências:
EVENSON KR MOTTOLA MF OWE KM ROUSHAM EK BROWN EJ. Summary of International Guidelines for Physical Activity Following Pregnancy. Obstet Gynecol Surv. 2014 July.

LEITÃO MB, LAZZOLI JW, OLIVEIRA AB, NÓBREGA ACL, SILVEIRA GG, et al. Posicionamento Oficial da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte: Atividade Física e Saúde na Mulher. Rev Bras Med Esporte _ Vol. 6, Nº 6 – Nov/Dez, 2000.

Autores:
Aline Pereira e Thiago Onofre

Deixe uma resposta