Atualização da diretriz brasileira de dislipidemia e prevenção da aterosclerose

Recentemente foi publicada uma atualização advinda da Sociedade Brasileira de Cardiologia por meio da Diretriz Brasileira de Dislipidemia e Prevenção da Aterosclerose, em que foram modificados alguns parâmetros de avaliação de perfil lipídico, são estes:
• O jejum de 12h não é mais necessário para exames de colesterol total, HDL-c, LDL-c e nem o não- HDL-c.
• O valor desejável de colesterol total diminuiu de 200mg/dl para 190 mg/dl.
• O valor desejável para HDL-c também diminuiu, de 60mg/dl para 40 mg/dl.
• Em relação às triglicérides, agora pode ser realizado exames com ou sem jejum, sendo que os parâmetros de avaliação em cada caso são diferentes. Importante ressaltar que valores aumentados de triglicerídeos no período pós-prandial (pós refeição) representam uma maior associação com o risco para eventos cardiovasculares. Comparado à diretriz anterior, o valor do parâmetro com jejum o valor continua o mesmo: 150 mg/dl. O que modifica é que agora temos o valor sem jejum, que é de 175 mg/dl.
• Os valores de referência de LDL-c e o não- HDL-c agora variam de acordo com o risco cardiovascular estimado para o indivíduo. Este risco pode ser baixo, intermediário alto ou muito alto, e será determinado pelo profissional com base nos parâmetros indicados na diretriz. Na Tabela 2 se encontram os valores de referência de acordo com cada categoria de risco.
A diretriz ainda traz algumas orientações quanto a manter um padrão de alimentação saudável, controlar o peso corporal, reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, praticar atividade física regularmente, e não fumar. Estas orientações tem por objetivo a prevenção e o tratamento de doenças cardiovasculares, aterosclerose e hipertrigliceridemia (níveis elevados de triglicérides).

Deixe uma resposta