O adoçante Xilitol

É utilizado tanto na indústria farmacêutica em produtos destinados à higiene bucal e goma de mascar, devido à sua ação protetora contra a cárie dentária, quanto na indústria alimentícia, já que possui sabor adocicado podendo substituir o açúcar. Um estudo realizado em 2016 mostrou que o xilitol causa pouca elevação na quantidade de açúcar no sangue, ao mesmo tempo em que aumenta os hormônios que promovem a saciedade. Estudos feitos em ratos indicam que o xilitol pode ser usado também em preparações para diabéticos. No entanto, alguns casos de diarreia após o consumo de xilitol foram observados. Desta forma, o ideal é avaliar junto ao seu nutricionista se o uso do xilitol é indicado, bem como a quantidade que pode ser consumida, estabelecendo uma estratégia nutricional adequada à sua individualidade.

Referências: da Silva, S.S., Vitolo, M., de Mancilha, I.M., Roberto, I.C., Felipe, M.G.A. 1993/94. Xilitol: um adoçante alternativo para a indústria de alimentos. Alim. Nutr., São Paulo. 5, 109-117. Mussato, S.I., Roberto, I.C., 2002. Produção biotecnológica do xilitol a partir da palha de arroz. Biotecnologia Ciência amp Desenvolvimento. (28): setembro/outubro. Wölnerhanssen BK , Cajacob L  , Keller N  , Doody A  , Rehfeld JF  , Drewe J  , Peterli R  , Beglinger C  , Meyer-Gerspach AC. Gut hormone secretion, gastric emptying, and glycemic responses to erythritol and xylitol in lean and obese subjects. Am J Physiol Endocrinol Metab. 2016 Jun. Md. Atiar Rahman, Md. Shahdiul Islam. Xylitol Improves Pancreatic Islets Morphology to Ameliorate Type 2 Diabetes in Rats: A Dose Response Study. Journal of Food Science Volume 79, Issue 7, pages H1436–H1442, July 2014.

Deixe uma resposta